• Cardiomed

PULAR O CAFÉ DA MANHÃ PODE SER PREJUDICIAL AO CORAÇÃO

Sabe aquilo que ouvíamos de nossas mães e avós sobre o café da manhã ser a refeição mais importante do dia? Pois elas estavam certas: o desjejum ajuda a manter a saúde do coração. Desde que contenha alimentos saudáveis e nas porções recomendadas, ele é – ou deveria ser – nossa principal fonte de nutrientes.

Apesar de sua relevância, muita gente acaba pulando a refeição. E não apenas por falta de tempo: para uma parcela, isso faz parte de uma estratégia de perda de peso baseada na dieta conhecida como jejum intermitente. Ele não limita o que comer, mas quando comer.

Há diversas modalidades desse tipo de dieta: jejum em um ou dois dias da semana (consecutivos ou não); jejum dia sim, dia não; comer em apenas um período do dia, entre outras. O objetivo é fazer com que o corpo utilize os estoques de gordura para a perda de massa gorda. A questão é que o jejum intermitente até pode contribuir para a perda de peso em curto prazo assim como outras dietas restritivas. Porém, a maioria das pessoas não consegue sustentar esse padrão de alimentação por um longo período. Fora que não se sabe sobre a segurança dessa modificação de estilo de vida. Quanto à saúde cardiovascular, há pouquíssimas evidências de que o jejum intermitente possa contribuir na prevenção e no tratamento.


Fonte: VEJA SAÚDE


2 visualizações0 comentário