• Cardiomed

POSSO ESCOLHER QUAL VACINA TOMAR?

No Brasil, além dos números de proteção, o país de origem das desenvolvedoras se tornaram parte do debate.

No dia 17 de janeiro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso emergencial de duas vacinas no país: a CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech e a vacina de Oxford, desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório britânico AstraZeneca.

Posso escolher qual dessas duas vacinas vou tomar?

Até a publicação desta reportagem, a CoronaVac e a vacina de Oxford eram os dois únicos imunizantes distribuídos no país pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com o Ministério da Saúde, à frente do Plano Nacional de Imunização (PNI), uma pessoa não pode escolher o imunizante que vai tomar. "A vacinação acontece nos postos de saúde com a vacina disponível, não havendo possiblidade de escolha", explicou a pasta. Com o avanço da imunização no Brasil, com mais de 4,5 milhões de brasileiros vacinados contra a Covid-19, é comum que pessoas de uma mesma família, por exemplo, recebem doses de imunizantes diferentes.


Fonte: IG


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo