• Cardiomed

NOVOS MADUROS NÃO COGITAM APOSENTADORIA

A diversidade é pauta nas corporações. De grandes a médias e até pequenas empresas, crescem neste ambiente os esforços para inclusão de raça e gênero. Mas há ainda um ponto cego no panorama: profissionais mais maduros lidam com instabilidade após uma certa idade, são preteridos na hora da contratação e enfrentam olhares enviesados dos mais jovens. Ocorre que quem chega ali na faixa dos 50+ parece, atualmente, não ter qualquer pressa de parar. Este público segue ativo, consumindo, vive mais e, portanto, quer viver melhor e seguir no mercado.


Fonte: UOL VIVER BEM


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo