top of page

MELHOR TIRAR CASCA PARA EVITAR AGROTÓXICO OU COMÊ-LA PARA OBTER NUTRIENTES?

Você costuma descascar frutas na hora de comer? E na hora de cozinhar os legumes, você tira a casca? Seja por gosto ou por hábito, descascar os alimentos antes do consumo divide opiniões. Há quem não goste da textura da casca, quem coma só por acreditar que ali está a maioria dos nutrientes oferecidos pelo alimento e quem ache que descascar é uma maneira de driblar os agrotóxicos presentes. Mas será que é assim mesmo?

Realmente, as cascas concentram quantidades significativas de nutrientes. O valor nutricional delas varia de um tipo para o outro, mas geralmente elas concentram a maior parte dos antioxidantes e das fibras. Nas frutas cítricas, por exemplo, há mais compostos antioxidantes na casca do que na polpa, em geral. Quanto aos agrotóxicos, como eles são pulverizados, sua maior concentração fica na superfície dos alimentos, como a casca e as folhas. Entretanto, naqueles que são mais porosos, tais substâncias tendem a penetrar até o interior dos vegetais, o que acontece também pelas raízes, caso sejam aplicadas no solo. Pepino, morango, cereja e uva, por exemplo, são alimentos mais sensíveis, que absorvem grande parte dos resíduos. Entretanto, de maneira geral, não vale a pena descascar os alimentos, pois o alto teor de fibras presente nas cascas é muito mais benéfico do que tentar reduzir o efeito acumulativo dos agrotóxicos.


Fonte: VIVA BEM UOL



4 visualizações0 comentário
bottom of page