• Cardiomed

LEVAR A VIDA COM MAIS OTIMISMO

VIGIE SUA TAXA DE AÇÚCAR NO SANGUE


Um novo estudo publicado no Journal of the American Geriatrics Society acompanhou um grupo de quase 160 mil mulheres e descobriu que as otimistas têm chances de viverem mais e após os 90 anos em comparação com as pessimistas.

A equipe concluiu que o otimismo está associado a um aumento de 5,4% na vida útil, isso é equivalente a adicionar 4,4 anos anos de vida em média. Além disso, um detalhamento dos achados mostrou que as mulheres do grupo mais otimista tinham 10% mais chances de viverem depois dos 90 anos do que aquelas menos otimistas.

Os resultados foram mantidos mesmo quando fatores como depressão, condições crônicas de saúde e histórico social e econômico foram levados em conta.

Os especialistas acrescentam ainda que o exercício tem sido amplamente reconhecido como um fator importante para a saúde e estudos mostram que ter uma regularidade de atividades físicas adiciona 0,4 a 4,2 anos de vida.

Embora fatores de estilo de vida, como a capacidade das mulheres de praticarem exercícios ou de escolherem alimentos saudáveis, tenham tido algum impacto nos resultados, os pesquisadores sugeriram que outros fatores estavam em jogo.

Isso pode incluir os tipos de redes de apoio que as pessoas têm ao passarem por tempos difíceis e as suas próprias habilidades para resolverem problemas e minimizarem riscos para a sua própria saúde.


FONTE: UOL VIVER BEM



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo