• Cardiomed

ECOCARDIOGRAFIA NO COVID-19

Pacientes com COVID-19 podem desenvolver complicações cardíacas graves como miocardite e insuficiência cardíaca. A doença de coronavírus 2019 (COVID-19) demonstrou ser a causa da pneumonia. No entanto, não foi relatado como causa de miocardite aguda ou miocardite fulminante. O Ministério da Saúde (MS), alinhado com a Organização Mundial de Saúde (OMS) e outras entidades da classe, elaborou recomendações para prevenção da infecção pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), COVID-19, e realização de exames de imagem cardiovascular (ecocardiografia, ultrassonografia vascular, tomografia, ressonância magnética e cardiologia nuclear) de forma a minimizar risco de propagação da COVID-19. Diante da pandemia da COVID-19 e sua alta transmissibilidade, esse posicionamento reforça que as solicitações de Exames de exames de imagem cardiovascular, sejam diligentemente baseadas nas Recomendações de Uso Apropriado nacionais e internacionais e nos preceitos de escolher sabiamente, especialmente em pacientes mais vulneráveis (idade maior que 60 anos, doenças cardiovasculares ou pulmonares crônicas, imunossuprimidos, gravidez).


54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo