• Cardiomed

CUIDANDO DA OSTEOPOROSE

Quem ingere pouco cálcio e vitamina D e come em excesso proteína, alimentos integrais, sódio e álcool pode estar em risco de desenvolver osteoporose no futuro. Essa fragilidade óssea atinge milhões de pessoas no mundo todo e cerca de 80% das mulheres na menopausa. Sabe-se que a doença celíaca, o uso de alguns medicamentos e a menopausa precoce, por exemplo, aumentam a predisposição para a osteoporose.

Para se prevenir contra esse problema, aconselham os especialistas, é preciso comer os alimentos certos: ingerir cálcio na quantidade adequada, e que pode ser encontrada além do leite, queijo e iogurte, mas também no tofu, peixes mais gordos, lula, camarão, frutas secas, legumes, suco de laranja e, mesmo que de uma forma menos absorvível, em muitas verduras verdes. Mas só ingerir alimentos com cálcio, no entanto, não basta. É também necessário combinar os alimentos de uma forma em que eles sejam assimilados melhor pelo organismo. Caso contrário, o cálcio será eliminado.

Quem combina queijo com alimentos ricos em oxalato, como o espinafre, tomate, uva, café e chás, acaba por não absorver o cálcio presente no laticínio. O sódio em excesso, presente em muitos alimentos industrializados, também propiciam a dispersão do cálcio, e ele é eliminado pela urina.


Fonte: SAÚDE - IG


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo