• Cardiomed

CORONAVÍRUS E O RISCO DE QUEM FAZ DIÁLISE

O Ministério da Saúde, os governos estaduais e a as prefeituras precisam urgentemente adotar medidas especiais para atender o paciente renal durante a pandemia do coronavírus, alerta a Abrasrenal (Aliança Brasileira de Apoio à Saúde Renal). Os especialistas de saúde da área solicitam urgentemente que sejam montados nos hospitais de campanha do país um serviço especial para concentrar os doentes renais infectados pela Covid-19. Este grupo significativo da população é obrigado a usar transporte público e transitar para realizar a diálise para não morrer. Até o momento, poucos estados estão criando um espaço especial para internar doentes renais no hospital de campanha. De acordo com o último censo realizado pela Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), em 2018, há mais de 133 mil pessoas realizando diálise no país, em 770 clínicas credenciadas, distribuídas somente em 350 municípios, ou seja, apenas 7% do total de municípios brasileiros conta com unidades de diálise.


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo