CONVÍVIO SOCIAL, ATIVIDADES FÍSICAS E MENTAIS REDUZEM RISCO DE DEMÊNCIA

A realização de atividades físicas e mentais, como tarefas domésticas, a prática regular de exercícios e o convívio social com visitas a amigos e familiares, podem ajudar a reduzir o risco de demência em idosos. Os resultados são de um estudo publicado na revista científica Neurology, que avaliou dados de mais de 500 mil pessoas sem demência e com idade média de 56 anos.

Os pesquisadores coletaram informações sociodemográficas, sobre estilo de vida e comorbidades. Eles responderam questões sobre atividade física, sobre atividades mentais e se algum familiar tinha demência na família, para análise do risco genético.

Os participantes foram acompanhados por uma média de 11 anos. Neste período, houve 5.185 casos de demência (entre eles a vascular, doença de Alzheimer e outras demências).

Após avaliar todos esses dados, os pesquisadores constataram que as pessoas que praticavam exercícios físicos regularmente tiveram 35 % menos risco de demência; aqueles que faziam atividades domésticas tinham 21 % menos risco e aqueles que relataram ter um convívio social com amigos e familiares tiveram 15% menos risco em comparação com os participantes que não faziam nenhuma dessas atividades.


FONTE: EXAME



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo