• Cardiomed

AGEÍSMO E SAÚDE CARDIOVASCULAR

O termo ageísmo foi utilizado pela primeira vez pelo gerontologista Robert Neil Butler em 1969, para descrever o preconceito, discriminação e abusos cometidos contra a população idosa. Ele identificou três elementos principais que definem o ageísmo:

1- Atitudes prejudiciais contra pessoas mais velhas.

2- Preconceito contra idosos e prática discriminatória com base na idade.

3- Políticas e práticas institucionais que perpetuam estereótipos nocivos e equivocados contra pessoas acima de 60 anos.

A American Psychological Association, sugere que este tipo de preconceito deva ser tratado como a discriminação de gênero, etnia ou orientação sexual.

Mas o preconceito também traz problemas de saúde. Dados do Baltimore Longitudinal Study of Aging, demostram que pessoas mais jovens, entre 18 e 49 anos, que demonstram ter preconceito com adultos mais velhos, tem risco aumentado de doença cardiovascular e doenças crônicas degenerativas, anos depois, quando comparados com pessoas com opiniões positivas sobre os idosos.


Fonte: Gerontolology egeriatric Research, Yale News.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo