top of page
  • Foto do escritorCardiomed

AÇÚCAR EM EXCESSO PODE SER AMARGO PARA O CORAÇÃO

Pode ser prejucial à saúde o consumo excessivo de açúcar, tanto na sua forma direta para adoçar sucos, leite, café e chá, como em refrigerantes, chocolates, biscoitos e alimentos industrializados em geral, bolos e doces caseiros. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda apenas 25 gramas diárias, o equivalente a cerca de duas colheres de sopa.

O açúcar, um carboidrato, embora não sendo o mais calórico, tem absorção e disponibilidade muito mais rápida do que outros macronutrientes (proteína e gordura). Decorre daí a primeira consequência negativa da sua ingestão sistemática acima dos padrões adequados: a possibilidade de engordar. Nesse sentido, é importante lembrar que a obesidade é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, à medida que favorece o aumento dos níveis sanguíneos de colesterol e triglicérides, gorduras obstrutivas das artérias.


FONTE: SOCESP



5 visualizações0 comentário
bottom of page